Contribuição financeira do programa LIFE da União Europeia
Facebook
EN

Asas da Sustentabilidade II

23 DE ABR - Mata da Machada

As borboletas são usadas em estudos de ecologia como bioindicadores por reagirem rapidamente a alterações de habitat.

Em 2019, após a ação de fogo controlado, foi realizada uma amostragem para identificação e contagem de borboletas na Reserva Natural Local, tendo-se então verificado que em pouco tempo houve uma recuperação das zonas de fogo controlado, onde a biodiversidade autóctone começava a expressar-se.

Em março de 2020 realizou-se uma nova avaliação destes lepidópteros diurnos, onde se puderam observar 18 espécies diferentes, verificando-se a tendência do ano anterior de progressiva colonização das áreas intervencionadas pelo projeto LIFE Biodiscoveries.

Trata-se de mais um estudo que permite verificar que as ações do projeto tendem a ganhar importância e relevância na evolução dos ecossistemas, que vão recuperando as espécies de flora típicas mediterrânicas, relevantes e importantes para as borboletas e outros grupos faunísticos.

Veja AQUI o relatório.

 

voltar